Dicas de conservação da sua arte  (por Ateliê de Impressão)

Apesar das fábricas de papéis atestarem a longevidade destes, e o Wilhelm Imaging Research (WIR) testar e certificar esses papéis nobres em geral por mais de 150 anos, para que esse tempo de permanência seja real, o print exige uma série de cuidados; os principais são:
  • Evitar a exposição direta aos raios Ultravioleta (UV), o controle da umidade e temperatura
  • Evitar a exposição ao ozônio.
  • Tudo o que estiver em contato direto com o papel deve ser de PH neutro (ph7)
  • Deve-se evitar tocar o papel com as mãos; luvas de algodão são indispensáveis.
Para que se mantenha durável e não sofra danos, nem mudanças de cor e contraste, a impressão deve seguir algumas recomendações básicas:
  • Nos primeiros dois ou três dias, não permita que a superfície do print seja arranhada, escovada ou esfregada. Não arraste o print e não toque a área impressa com os dedos ou as mãos (mesmo com luvas de algodão).
  • Evite ao máximo pendurar impressões fine art em paredes com sol direto. Todos os corantes e pigmentos não resistem muito tempo quando expostos à luz UV. Quanto menos UV, mais tempo os prints irão durar.
  • Até que as tintas estejam suficientemente curadas, a exposição ao vapor de água (ou à própria água) farão com que a tinta migre através do papel, causando uma aparência de borrado.
  • Exposição a líquidos voláteis e vapores, como os encontrados em alguns produtos de limpeza, podem causar rápida decomposição das tintas.

 

Dicas de conservação de sua arte já emoldurada (por Lume Photos)

  • Limpeza do vidro: utilizar flanela seca.
  • Limpeza de moldura branca: produtos de limpeza mancham molduras claras. Para limpar a sujeira ou marcas na moldura, utilize borracha branca.
  • Limpeza de moldura preta ou colorida: pano úmido e carinho.
  • Evitar ambientes úmidos: paredes tendem a passar umidade para a obra. Evite colocá-la em banheiros ou áreas abertas.
  • Evitar luz direta: o excesso de luz e calor podem danificar a obra e também sua moldura.
  • Fixação: fixe a moldura pelos pontos laterais de fixação ou por um arame ligado nesses pontos. Isso evitará que a madeira empene ou que a junção dos cantos da obra se abra.
  • Transporte: levante a moldura pelas laterais e embale sempre em papel bolha (com as bolhas para fora). No carro ou caminhão, leve a moldura em pé ou, em último caso, deitada com o vidro virado para cima. Esses cuidados evitarão rachaduras e vidros quebrados.