“Fotofragmentos” é o nome dado pelo fotógrafo e designer Marcello Cavalcanti às suas colagens fotográficas.

Ao escolher uma cena, Marcello clica entre 100 e 500, 600 fotos de partes daquela cena, durante um período de tempo que pode variar entre 1 e 2 horas. Em alguns casos o fotógrafo passou das 1.000 fotos por cena. Dependendo da cena, Marcello pode retornar outro dia ao mesmo local para mais uma bateria de fotos. Dessa forma, ela consegue unir dia e noite, verão e inverno, Sol e chuva, ruas vazias e tomadas de gente, provocando inclusive encontros de pessoas que nunca se viram, por exemplo.

foto-peqNa pós-produção, o fotógrafo primeiro seleciona as fotos que deseja usar na reconstrução da cena. E aí começa um longo trabalho de arte digital, sobrepondo, uma a uma, as fotos escolhidas anterioremente, recriando a cena ao seu modo em seu próprio quebra-cabeça. Pouco ou nenhum tratamento fotográfico é dado às fotos. Marcello prefere trabalhar com o que clicou,  voltando ao cenário caso necessário para repetir as imagens. 

Depois de prontas – a pós produção costuma levar semanas – as artes podem chegar a medidas enormes, com até 7 metros de comprimento. A partir do arquivo original, são gerados arquivos em tamanhos mais modestos, entre 1 e 3 metros, para exposições e comercialização. 

Marcello iniciou este projeto em 2008, em Barcelona, onde morou por 1 ano. Saiba mais da história do fotógrafo aqui.
Desde então, ja fotografou por países como EUA, Itália, França, Peru, Argentina, entre outros. São mais de 100 Fotofragmentos feitos até hoje, sendo cerca de 60 à venda, com medidas e formatos mais variados.